C&A anuncia parceria com Andrea Marques

Depois de ter em suas araras coleções de estilistas como Stella McCartney, Maria Bonita Extra, Reinaldo Lourenço e Maria Filó, agora é a vez da fast fashion C&A anunciar a parceria inédita com Andrea Marques, designer de moda do time do Fashion Rio. Ao todo a coleção terá 41 peças, entre roupas, acessórios e sapatos, e é provável que chegue às 69 lojas espalhadas pelo país, mas ainda sem data definida. O mais legal dessas parcerias é que elas possibilitam que o público que não tem tanto poder aquisitivo para adquirir peças grifadas tenha a oportunidade de vestir uma roupa com design exclusivo e com um nome de peso. Legal né?  Pra quem acha isso um retrocesso, o meu beijo de quem está louca para ir à C&A arrematar a minha peça by Andrea Marques!

As peças devem chegar às lojas em agosto, mas ainda sem data definida, e os preços são super convidativos: entre R$49 e R$150. E o mais legal é que Andrea reeditou as peças de sua última coleção, com a mesma cartela de cores, ou seja, as peças que foram das passarelas para às lojas agora vão para a C&A, apenas com algumas modificações. Veja abaixo, as fotos do making off da campanha, que foi fotografado por Gui Paganini e teve a direção de beleza de Max Weber, styling de Pedro Sales e é estrelada por Thairine Garcia . Eu já amei tudo. Por favor, comprando!

Continue Reading

O inverno das jaquetas coloridas

Quem disse que o inverno precisa ser cinza? Nesse inverno que acabou de começar, eu tenho visto que as cores chegaram de vez, e a grande tendência do momento são as jaquetas de couro coloridas. Eu mesma já comprei uma vermelha e estou me sentindo o Michael Jackson em Thriller, risos. Sejam elas curtas, compridas, com pegada rock’n roll, ou não, a vez é das cores. Claro que as clássicas jaquetas pretas ainda são uma ótima aposta, mas se quiser adicionar um pouquinho de “alegria” ao look, as jaquetas coloridas são uma boa opção. Tá com medo de ousar e parecer uma retardada? A dica é: aposte em cores neutras nas outras peças, de preferência pretas porque assim a chance de erro é menor. E aí, é só se jogar nas jaquetas. Além de tudo, você fica quente, porque para as sem namorado como eu, o jeito é investir em calor sintético porque calor humano está difícil. Veja abaixo algumas inspirações:

Continue Reading

Aquele canto

É simples ter um local para estudar,trabalhar ou se maquiar em casa;basta escolher uma  mesa ou bancada,alguns quadros,um espelho apoiado e um assento confortável. É importante esbanjar sua criatividade,seu estilo deve estar registrado nele,pode ser qualquer canto os mais utilizados são: embaixo da escada, na sala ,num corredor ou perto de uma janela.Opte por um espaço silencioso,afinal o ambiente contribui bastante para um bom desempenho nas atividades! Abaixo alguns cantos que para se inspirar…

Continue Reading

Visto, Logo existo: Julia Petit no Youpix

No dias 3, 4 e 5 de julho, para quem não sabe, rolou na Bienal de São Paulo o Youpix, evento sobre mídias sociais e internet, do qual eu participei ontem, dia 5 de julho. Como Moda e Internet é um dos assuntos do momento, era impossível que ele não fosse tema de debates de um evento voltado para o universo digital. No calor de assuntos como a febre dos blogs de moda, Julia Petit, do Petiscos, André do Val, do Chic e convidados, discutiram a questão da identidade e da originalidade nos tempos atuais.

Um dos principais pontos discutidos é que hoje em dia as blogueiras estão tão em evidência que elas ditam moda e “produzem” verdadeiros exércitos de meninas que querem ser e se vestir como elas. Entretanto, foi salientado que esse fenômeno não é novo, afinal, esse era o papel das novelas e das celebridades há algum tempo. E mesmo com toda essa efervescência da moda na internet, as novelas ainda são as maiores ditadoras de moda, vide a “calça Suelen”, personagem de Ísis Valverde em Avenida Brasil, que conquistou o coração e os corpos de milhares de meninas ao redor do país. Tudo isso acontece porque é do ser humano querer se identificar com algum grupo da sociedade, numa maneira de se sentir aceito por esse grupo. Para isso, o caminho sempre mais fácil é se vestir como eles. Só que até que ponto ser e agir como os membros de um determinado grupo pode afetar a individualidade e a personalidade de uma pessoa? Na ânsia de querer ser aceita, essas meninas comprometem aquilo de mais intrínseco do ser humano que é a sua identidade, seus traços particulares, para se tornar mais um membro do “exército fashionista”, que está em busca apenas de estar na moda, se sujeitando inclusive a usar peças que nem lhe agradam tanto, mas como “todo mundo usa”, a lógica diz que ela deve usar também para ser aceita.

Outra discussão levantada foi que atualmente, a imagem da “blogueira” representa hoje o que há alguns anos era a “garota popular” da escola. Aquela menina que todos admiravam, que tinha o cabelo mais bonito, a roupa mais legal e que atraía os olhares de todos os meninos. Só que a “garota popular” atingia e influenciava um grupo pequeno, de 20 ou 30 meninas ao seu redor, mas a blogueira não tem fronteiras e pode atingir a meninas do Brasil inteiro, as fazendo desejar ter os produtos que ela usa, mesmo que esses produtos não se adequem ao seu biotipo ou não façam parte da sua realidade financeira. E aí que mora o perigo, pois quando uma menina que deseja ser igual à elas, ter o que elas tem, seja pelo motivo que for, ela pode se sentir triste, frustada, ou alimentar um desejo de ter aquilo a todo custo, por mais que isto a comprometa de alguma forma.

Além disso, outra questão levantada foi o fato de grande parte das blogueiras nacionais ignorar o fato de que algumas tendências são feitas apenas para uma região específica e tentam inseri-las de qualquer forma na realidade brasileira. Um exemplo disso é o uso das peles, (que há algumas semanas levantou um sério manifesto nas redes sociais, o #blogueirasangrenta, que protestava contra blogueiras que incentivavam o uso de pele animal, pele que é retirada do animal ainda vivo) pois o Brasil não tem clima para o uso dessa peça, além dela ser contra as leis de proteção animal. Polêmicas à parte, apenas algumas regiões no país tem um inverno tão rigoroso que possibilite o uso de um casaco de peles, e tentam incentivar essa moda no país é uma grande furada.

Polêmicas regem o mercado de moda e internet, e sobre isso foi levantada a questão da moda pluz size e da campanha #46nãoentra, outro manifesto nas redes sociais, que acusava uma empresa de e-commerce de excluir pessoas com um manequim maior de 46 de entrarem em sua lista de clientes. Julia Petit esclareceu que muitos estilistas não produzem peças com número maior que 46 porque isso pode comprometer a forma da peça, e que existem peças que não foram feitas mesmo para serem produzidas em grandes tamanhos. Julia disse, porém, que muitas marcas já estão investindo nesse público em especial, e que a tendência é aumentar o número de marcas que fazem esse trabalho, visto que o tipo físico da mulher brasileira hoje em dia é maior. Nesse contexto, foi discutido também que a menina que acessa blogs de moda não deve se levar a todo tipo de tendência ditada, pois nenhuma roupa é feita para todo o tipo de corpo, portanto, é preciso sempre experimentar e “aceitar” que aquela determinada peça não vai favorecer seu tipo de corpo e investir em peças que façam isso. A moda foi feita para ser uma aliada da mulher, mas muitas vezes, pela ânsia de “estar na moda”, a mulher acaba transformando a moda em uma “inimiga”.

E por último, uma das questões levantadas e que mais me interessou foi quando Julia Petit tocou na questão da publicidade nos blogs, um tema tão polêmico e tão debatido nos últimos tempos. Júlia revelou que nega cerca de 80% das propostas publicitárias que ela recebe por mês porque não condizem com a política do seu blog ou por serem produtos que ela própria não acredita. E ainda bateu na tecla de que a publicidade não é um mal para o blog, isso claro se ela for explícita para os leitores, como é nas revistas, na tv e na internet mesmo. É extremamente necessário que um post publicitário esteja sinalizado, principalmente se ele é dado como aquela famosa “dica de amiga”, justamente porque, como foi dito anteriormente, os leitores são fortemente influenciados pela palavra da blogueira, e não mostrar que aquilo é uma forma de publicidade pode sim configurar uma espécie de “enganação” com o leitor.

Em resumo, a grande discussão do debate foi que é preciso ter um limite de até onde você vai se deixar levar pelo que as blogueiras de moda, e outros profissionais da moda em geral, dizem e ditam para que você não perca a sua identidade. Ser igual, várias pessoas são, mas e você? Por que você não faz diferente? Se você não gosta de determinada roupa você não precisa usá-la só porque todo mundo usa. Imprima sua individualidade no seu estilo, não se deixe levar por tudo o que dizem. Você não precisa ter o cabelo da moda, o sapato da moda, a roupa da moda, o anel da moda, você precisa ser você, no seu jeito de vestir, de andar e de agir. E isso também não quer dizer que você precisa se anular de tudo o que os blogs dizem. Tenha um filtro, pegue só o que é legal pra você, não seja uma vítima. Não seja só mais um soldado desse exército, seja um pontinho vermelho na multidão. Mas só se você gostar de vermelho, claro ;)

Continue Reading

Olivia Palermo no Fashion Rio

Post de 24 de maio de 2011

Segundo boatos ainda não confirmados, uma das It Girls preferidas do mundo da moda vêm dar o ar de sua graça nas passarelas cariocas! As primeiras especulações eram de que Olivia viria desfilar para a grife Patricia Vieira, mas ela acabou deixando as negociações para trás, mas hoje os sites de moda estão bombando com a gossip de que Mademoisele Palermo vai desfilar para a Coca Cola Clothing, no dia 2 de junho. Boatos ou não, eu estou ansiosa por essa presença! Já está confirmada porém, a presença novamente de Ashton Kutcher no desfile da Colcci, no São Paulo Fashion Week.

É impressão ou as celebs estão sendo seduzidas pelo garbo e elegância das passarelas brasileiras? Sei lá, mas eu tô adorando! haha

Beijos Phynas!

Ana Paula de Almeida

Continue Reading

Ela veio!

Post de 11 de junho de 2011

Como eu já havia adiantado uns dias antes de começar o Fashion Rio, a It Girl mais queridinha (e patricinha) do mundo da moda veio pra cá: Olívia Palermo! Como vocês sabem eu adoro a Olívia, e não podia deixar de registrar aqui a passagem dela pelo Brasil (apesar de ter desejado muito conhecê-la pessoalmente, vai que beleza pega né? haha) e comentar que adorei o primeiro vestido dela e odiei a última blusa. Além de não gostar daquele tom de azul, a blusa parecia a fantasia do Garibaldo da Vila Sésamo. Se fosse amarelo, coitada da Olívia hein gente. Fala sério Coca Cola Clothing! 😛

Tudo bem que no Fashion Rio também passaram a Lea T e o Zumbie Boy, mas ah, já falaram tanto deles que eu tô com preguiça de comentar. Vamos as fotos da Olívia, please.

Continue Reading

6 meses, mudança de casa e esclarecimentos

Minhas phynas, que saudades! Peço muitas desculpas por ter abandonado o blog, mas tudo tem uma razão hein? Primeiro de tudo, hoje o blog completa 6 meses! Dá pra acreditar, esses dias mesmo eu criei a conta, mostrei pras minhas amigas, e hoje o blog já tá do jeito que tá! Agradeço a todas as visitas, comentários, críticas e sugestões! E prometo que de agora em diante, vou me dedicar muito mais ao Sou Phyna 🙂 Como o aniversário é de 6 meses, só tem um cupcake pra cantar parabéns. Estou guardando a big festa com atrações internacionais e bolo de três andares pro aniversário de 1 ano (risos).

E agora, o meu presente de verdade de 6 meses de blog: uma casa nova! É isso mesmo, o Sou Phyna vai mudar! Mas calma, eu só vou mudar de endereço, o charme, o garbo e a elegância da Ana Paula continuam os mesmos! haha…. Na verdade, eu decidi abandonar o domínio wordpress pra ter um domínio só meu, até pra facilitar a outras leitoras me acharem e pra profissionalizar  o blog. Tudo com a minha cara, é lógico! Por isso abandonei esse espacinho por uns dias, estava deixando tudo preparado pra poder mudar de vez! Em breve, talvez ainda nessa semana, eu já anuncie o novo endereço! Só quero que não me abandonem hein? Eu quero transformar o Sou Phyna num espaço muito mais nosso, por isso peço a ajuda e a compreensão de vocês nesses dias!


A casa nova já está quase pronta, e quando tiver tudo no lugar, eu exijo a visita de todos vocês! Além disso, quero nesse segundo semestre de blog fazer tudo com muito mais carinho, e muito melhor do que ando fazendo, essa é a minha promessa pra vocês! Pra que quando a gente completar 1 ano (digo a gente porque esse blog é muito mais nosso do que meu) a gente tenha muito o que recordar e comemorar!

Beijos!

E eu volto logo!

Ana Paula de Almeida

 

 

 

Continue Reading

Na mira

Eu vi tanto o esmalte Na Mira 3D em vários blogs de moda que, confesso, tava com preguiça de usar. No fundo eu achava “esse esmalte nem é tudo isso”, mas aí, um dia desses, minha amiga Maíra levou pra faculdade e eu não resisti. Pedi emprestado e no dia seguinte resolvi testar e, tenho que dar o braço a torcer: o esmalte é realmente TUDO isso que falavam! Ele é lindo, apaixonante, daqueles de passar e ficar olhando pra unha o dia todo! hahaha, sério!  Eu não usei ele sozinho, porque fica transparente… misturei com o New York da Risqué e ficou lindo demais! Agora eu não sei explicar o conceito 3D dele, mas dependendo do ângulo que ele é visto várias cores podem ser identificadas. E quando algum tipo de luz é colocado perto da unha, as cores ficam incríveis! Com a luz do sol fica ainda mais legal. Vejam as fotos e comprovem! E quem ainda não comprou corre porque vale muito a pena:





Beijinhos e até o próximo post!

Ah, eu queria lembrar vocês que no próximo mês eu faço 6 meses de blog!! Passou tão rápido né? Estou preparando várias novidades para a data, aguardem!

Ana Paula de Almeida

 

Continue Reading

Moda e musica

 

Já venho programando esse post há algum tempo, mas só agora reuni as músicas que eu realmente queria. Quando se pensa em um desfile de moda, a primeira coisa que vem à cabeça são as modelos e as coleções, certo? Mas uma das partes mais indispensáveis de qualquer desfile é a sua trilha sonora. A música, aliada aos cortes, ao movimento das modelos e à passarela em si dá todo o tom especial de um desfile. Por mais que seja um dos aspectos menos avaliados num desfile, quando a música dá um ritmo legal ao desfile, o mesmo se torna bem mais atrativo. Separei algumas trilhas que eu amei. E se tiverem alguma sugestão, comentem 🙂

Samuel Cirnansck: Front 242 – Headhunter

Chanel: Somethings a La Mode – Rondo Parisiano

Thierry Mugler: Lady Gaga – Born this whay

Burberry: Dusty Spriengfield – You Don’t Own Me

Stella McCartney: The Long and Winding Road – Paul McCartney

Lanvin: Queen – Don’t Stop me Now

Victoria’s Secrets Fashion Show: Justin Timberlake – Sexy Back

Matthew Williamson: Likke Li – Get Some

Dolce & Gabbana: David Bowie e Mick Jagger – Dancing in the Street

Prada: Sparks, Garbo Sings from The Seduction of Ingmar Bergman

D&G: Madonna – Vogue

E aí phynos e phynas, gostaram da seleção? Indiquem mais músicas pra entrarem na playlist!
Até a próxima!
Beijos

Continue Reading

O vestido Real


Após as folias carnavalescas (que eu aproveitei na verdade pra colocar o sono em dia) é hora de voltar ao trabalho! O ano começou oficialmente agora né, embora eu já venha trabalhando bastante desde 1 de janeiro! haha

Mas agora vamos falar de coisa boa, vamos falar da TekPix..Ops…kkkkkk

Falando sério agora, quem me conhece sabe o quanto eu sou fascinada por tudo que envolve a Realeza: Castelos, Príncipes, Carruagens, Idade Média, enfim… tudo mesmo. E então, é de se esperar que eu esteja tão ansiosa pelo casamento de Príncipe Willian com a Kate Middleton? Pois é, tudo quanto é notícia que sai sobre os pombinhos reais eu tô lendo! A novidade dessa semana é sobre um dos itens mais imprescindíveis de qualquer casamento: o vestido de noiva. Como eu disse nesse post aqui, mesmo a estilista brasileira Daniela Helayel ser a queridinha de Kate, provavelmente o vestido de noiva Real seria feito por uma grife britânica. Dito e feito. O anúncio dessa semana sobre o vestido Real confirmava o que eu previa delegando à grife Alexander McQueen, que está sob o comando de Sarah Burton.

Agora é esperar com o coração acelerado pelo vestido. Pelo que conhecemos da grife, podemos esperar um espetáculo de vestido né? Enquanto o casamento não sai, vamos ficar com as fotos do desfile da grife Alexander McQueen no Paris Fashion Week, que aconteceu dia 08 de março.


E aí phynas gostaram? Algum palpite sobre como vai ser o vestido de noiva de Kate Middleton? Eu não quero arriscar nada, mas tô doida pra ver esse vestido!

Beijos e até a próxima!

Ana Paula de Almeida

Continue Reading