Sobre saudade

large

Chega uma hora que a saudade transborda, que a lágrimas rolam, mas aí a gente respira e pensa: vai passar. É ai que percebe que a distância não é tão longe assim, que a saudade dói mas cessa, que os dias até demoram mais passam. Os dias infinitos chegam ao fim, o abraço chega carregado de uma leveza extrema. As lágrimas voltam, mas dessa vez são de alegria, com o desejo de que alguns dias durem eternamente.

Tem saudade que não cabe em uma gaveta, quem dera a gaveta guardasse todas as saudades que se passam em uma vida. Que guardassem a tristeza, junto dela a solidão.

Sorte a nossa que existe o coração que purifica, que acalma, e nos faz reviver quando a alma chora.

Por quantas vezes as manhãs pareceram mais escuras do que as noites mais sombrias, e o coração fez transcender o que a alma estava impossibilitada de ver.

O coração guarda a saudade que as mãos não podem segurar, o coração segura a aflição de não se acalmar, quando a saudade vem, ah, meu bem, eu penso em nós.

E mesmo com a saudade você faz presente por onde eu for.